PORTO BY Francisco Pico

Categoria

Porto By

Autor

Livraria Lello

Foi em Portugal que Francisco Pico deu os primeiros passos como Chefe, após se ter formado na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril. Tendo passado pelo restaurante Eleven ou pelo Ritz-Carlton Penha Longa, cimentou o conhecimento e apurou a arte da culinária “fora de portas”. A aventura internacional teve início em 2010 no restaurante Le Meridien Piccadilly Hotel, em Londres. Passou por Itália, por Londres novamente – onde frequentou o curso de Food Science and Nutrition na London Southbank University – e pelas Caraíbas. Em 2017, num regresso a “casa”, assumiu elevar o nome do Restaurante Astória, do InterContinental Porto – Palácio das Cardosas e oferecer uma visão moderna da culinária portuguesa. É natural de Lisboa e vive há pouco mais de seis meses na cidade do Porto.

O meu Local Preferido é… O parque da cidade, onde um passeio em família numa tarde solarenga é muito agradável. No entanto, gosto também de passear pela zona histórica da cidade e descobrir algumas “hidden gems” ao virar de cada esquina. Os meus curtos seis meses como habitante do Porto ainda me proporcionam o prazer de ser surpreendido cada vez que saio de casa. Não sendo no Porto, mas muito perto, o Jardim do Morro, em Vila Nova de Gaia, continua a ser o meu local de eleição para um Pôr-do-sol!

O que eu gosto no Porto é… Para além das pessoas, gosto muito da genuinidade da cidade, do comércio local, das lojas singulares e da paz que a cidade transmite, com vistas deslumbrantes sobre o Rio Douro.

Os Portuenses são… Dos povos com quem tive a oportunidade de privar, de uma genuinidade incomparável. Transmitem uma sensação de comunidade encantadora, o que facilitou muito a minha adaptação na mudança para esta cidade.

Uma história marcante… O primeiro dia que vi o Porto, há poucos meses atrás, numa manhã de sol no outono deixou-me completamente deslumbrado. O primeiro contacto com os novos vizinhos ou com o “Senhor do café” por baixo de casa, deixou-me com a incrível sensação que estava prestes a começar um novo capítulo, num sítio muito especial.

A cultura no Porto é… Viva, genuína. As ruas apertadas, os museus e teatros da cidade e a “invejável” ligação ao vinho do porto, vinho esse que tive a oportunidade de saborear em qualquer canto do mundo, mesmo nos mais remotos, e sempre me trouxe um grande orgulho de ser Português, faz do Porto uma cidade onde se respira tradição e cultura genuína, difícil de encontrar e igualar.