Feira da Vandoma, um marco portuense

Categoria

Mercado Visitar

Autor

Livraria Lello

Lisboa tem a Feira da Ladra, Madrid tem o El Rastro e o Porto tem a Feira da Vandoma

A Feira mais famosa do Porto, a Feira da Vandoma, realiza-se semanalmente, aos sábados, entre as 08h e as 13h. É ritual de vários portuenses passear entre as “montras” da feira ao sábado.

Criada nos anos 70 por jovens estudantes que vendiam livros e roupas usadas, a Feira da Vandoma rapidamente se transformou num ícone da cidade. E há de tudo a preços muito interessantes: da louça às roupas, passando pelo mobiliário, pelos livros, pelos discos, pelos aparelhos eletrónicos e, claro, pelo artesanato.

Feira da Vandoma

Feira da Vandoma: tudo o que precisa de saber

A Feira da Vandoma começou a ser regulada pela Câmara Municipal do Porto em 1984.

Porque é que se chama assim?
Bem, a Feira da Vandoma começou por ser organizada nas imediações da Calçada da Vandoma, junto à Sé do Porto, e adotou-lhe o nome.

Entretanto já mudou várias vezes de casa. Passou para o largo em frente à Cadeia da Relação, junto ao jardim da Cordoaria e pouco depois fixou-se nas Fontainhas.

No início de 2016 mudou-se para a Avenida 25 de Abril, em Campanhã, uma mudança que não agradou a muita gente. O principal objetivo da mudança de espaço foi aumentar de 212 lugares disponíveis anteriormente para 308 permanentes e 189 eventuais.

Feira da Vandoma

Qual é o ambiente da Feira da Vandoma?
A melhor forma de explicar o que acontece na Feira da Vandoma é tentar descrever centenas de pessoas – portuenses e turistas, claro – a caminhar e a ver as “montras”. Montras essas que não passam de tapetes no chão com artigos pousados ou “charriots” com roupa, todos a serem gabados ao mesmo tempo com o sotaque caracteristicamente portuense.

Feira da Vandoma

É um dos destinos de compras mais baratos da cidade, por isso, se anda à procura de boas oportunidades de negócio rume a Campanhã.

Onde? Avenida 25 de Abril, Campanhã
Quando? Todos os sábados, das 08h às 13h
Que artigos vendem? Artigos usados